DA ALMA, De anima.

 Em Artigos, Filosofia

O filósofo, cientista e educador grego Aristóteles, 384-322 a.c.

Essa obra é dedicada ao estudo da alma, sua essência, seus atributos e suas faculdades. Após uma exposição geral e uma breve história das doutrinas sobre a alma que precederam a sua, o estagirita exclui a hipótese de alma automotriz para apresentar sua própria definição: a alma é substância, “enteléquia” (potência e ato), ou ainda noção, forma, por oposição a matéria, substrato. A alma é vegetativa, sensitiva, ou racional (no princípio do pensamento). Por fim, a alma é “os seres mesmos”. Esse tratado é também conhecido por sua teoria da imaginação, segundo a qual não há imaginação sem sensação.

Classificado hoje em dia entre os textos referentes à física, esse tratado, por sua importância, conclui em psicologia a filosofia aristotélica da natureza.

Estudo: F. Nuyens, L’évolution de Ia psycologie d’Aristote, Lovaina, 1948

Posts Recentes
Contate-nos

Aqui você pode enviar um e-mail.

Not readable? Change text.

Start typing and press Enter to search